quarta-feira, 21 de maio de 2008

História do Surf

Os primeiros relatos do surf indicam que tudo começou nas Ilhas Polinésias, como os nativos tinham uma cultura de subsistência constantemente tinham que ir para o mar com seus barcos feitos por eles mesmos artesanalmente para pescar e quando voltavam para ser mais rápido a chegada, deslizavam-se sobre as ondas.

Segundo Gutemberg este ritual acabou se tornando uma mania entre eles. Mas o surf propriamente dito começou a ser praticado pelos antigos reis hawaianos com pranchas feitas de madeira, extraídas de árvores locais. E para isso tinha todo um ritual (no filme tá dando onda o Big Z tenta mostrar para Cadu como se faz uma prancha mas...). Colocava-se ao pé do tronco um peixe vermelho chamado kumu e a árvore era cortada. Nas raízes fazia-se um buraco onde, com uma oração, era enterrado o kumu. Em seguida era dado início ao trabalho de modelagem ou shape (forma da prancha); as ferramentas, lascas de pedras e pedaços de coral eram usados até chegar à forma desejada. Com coral granulado (pokaku ouna) e um tipo de pedra bem dura (oahi) era iniciado o trabalho de acabamento para eliminar todas as marcas da fase anterior e tentar alisar a superfície o máximo possível. Com a superfície lisa, eram aplicadas as raízes de uma árvore chamada hili, para dar uma cor negra. Outras substâncias eram utilizadas para impermeabilizar a madeira como forma de encerá-la .

As pranchas menores ou alaia, pranchas mal acabadas, desprezadas pelos chefes, eram destinadas aos nativos ou súditos que estavam mais próximos da família real. O restante da tribo tinha restrições para a sua prática. Já naquela época os aborígenes pertencentes à família real realizavam competições, lutas mortais e outros combates por causa do surf. Praticar o surf era proveito dos mais nobres e destemidos.

O Surf permaneceu em baixa até o século 20 quando surgiu Duke Paoa Kahanamoku que manteve o esporte vivo graças a sua persistência.

A primeira vez que o mundo ouviu falar do Havaí e do surf foi depois das Olimpíadas de 1912, em Estocolmo, onde Duke ganhou uma medalha de ouro na natação, ao ser questionado sobre a forma de treinamento Duke afirmou que praticava o Heenalu Surf, esporte até então desconhecido. Após sua vitória Duke introduziu o surf na América em 1913 e na Austrália em 1915.

No Brasil as primeiras pranchas foram trazidas por turistas. Só em 1938 foi feia primeira prancha brasileira confeccionada pelos paulistas Gonçalves, João Roberto e Júlio Putz , a partir de uma revista americana que mostrava as medidas, materiais utilizados (na época madeira)

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade