terça-feira, 10 de junho de 2008

Campeões brasileiros nas triagens para o SuperSurf

Três campeões brasileiros estão nas triagens que vão abrir a terceira etapa do SuperSurf 2008 nessa quarta-feira na Praia de Maresias, em São Sebastião. O baiano Jojó de Olivença (campeão em 1988 e 92), o cabo-friense Victor Ribas (1997) e o alagoano Tânio Barreto (2001), disputarão com mais cinco surfistas as duas vagas que completam a lista de 48 participantes do formato de competição do WCT, que voltou a ser utilizado na Divisão Principal do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional nesse ano.

Também na quarta-feira, todos os 46 integrantes da elite nacional masculina e as 16 da feminina devem estrear na primeira fase, que é classificatória e não elimina ninguém. As disputas estão programadas para serem iniciadas às 8 horas na Praia de Maresias, a mais badalada do litoral norte de São Paulo.

Victor Ribas e Tânio Barreto já participaram das triagens nas duas primeiras etapas do SuperSurf 2008, realizadas em Santa Catarina e em Pernambuco. O alagoano fracassou nas duas e o surfista de Cabo Frio ganhou uma vaga só na Praia da Joaquina.

Em Florianópolis, Vitinho derrubou o cabeça-de-chave número 1 da temporada, o paulista Renato Galvão, sendo barrado só nas quartas-de-final por Jean da Silva, vice-campeão na final catarinense contra William Cardoso no primeiro desafio do ano em Santa Catarina.

William garantiu a liderança do ranking quando se classificou para as semifinais da segunda etapa em Pernambuco, vencida pelo paraibano Jano Belo. Ele saiu da Praia do Cupe direto para uma viagem na Indonésia e lá acabou contundindo o tornozelo direito na volta de um aéreo. Foi constatada uma pequena fratura no final do osso da tíbia que o deixará fora da água por um mínimo de seis semanas, ou seja, não vai poder competir em Maresias e certamente perderá a dianteira na corrida pelo título brasileiro de 2008.

Seu principal concorrente agora é o paraibano Jano Belo, que assumiu a vice-liderança na final nordestina contra o baiano Wilson Nora na Praia do Cupe, em Ipojuca (PE). Jean da Silva é o terceiro colocado, mas ele, o paulista Hizunomê Bettero e o carioca Simão Romão, não vão disputar o SuperSurf de São Sebastião porque escolheram competir na etapa do Mundial WQS que está sendo realizada nessa mesma semana nas Ilhas Maldivas. O trio foi substituído pelo bicampeão brasileiro Fábio Gouveia, pelo pernambucano Sávio Carneiro e pelo paulista Diego Santos.

A ONDA NOTA 10 - E Fábio Gouveia tem ótimas lembranças da Praia de Maresias. No ano 2000, ele venceu a primeira etapa da história do SuperSurf, que inaugurou uma nova Era no Circuito Brasileiro com a criação de uma divisão principal nos mesmos moldes do WCT. Mas, as melhores recordações são as do carioca Marcelo Trekinho, que em 2002 registrou um feito único na história do esporte em ondas nacionais, o de receber três notas 10 num só dia de tubos fantásticos em Maresias.

A primeira ele ganhou nas quartas-de-final, a segunda na semifinal e a última na grande final, quando conquistou uma das suas duas vitórias em São Sebastião. Só que quem vai defender o título lá esse ano é o potiguar Danilo Costa. De 2000 até 2007, os juízes deram nota máxima aos surfistas dezenove vezes e doze delas foram recebidas na Praia de Maresias, verdadeiramente a onda nota 10 do SuperSurf.

Desde a primeira que o potiguar Marcelo Nunes ganhou no ano 2000, até a última que o cearense Thiago de Souza conseguiu no ano passado num mar pequeno, bem diferente das ondas tubulares que são a principal característica do lugar. Na categoria feminina, a única que já mereceu nota 10 numa onda foi a cearense Tita Tavares. Ela atingiu o feito duas vezes e uma delas foi num belo tubo em Maresias em 2003.

No ano passado, a baixinha garantiu o tricampeonato brasileiro por antecipação com uma vitória no SuperSurf de São Sebastião, que foi a penúltima etapa da temporada 2007. Foi o segundo título de Tita Tavares na etapa da Praia de Maresias, marca que só a tetracampeã brasileira Andréa Lopes havia conseguido numa das provas mais aguardadas por toda a elite do surfe nacional.

Junto com o paraibano Fábio Gouveia, a carioca foi campeã da etapa que inaugurou o SuperSurf em 2000 e também em 2002, com Tita Tavares faturando os títulos em 2003 e 2007. A cearense vem de vitória na Praia do Cupe e vai defender a liderança do ranking que ocupa com pequena vantagem sobre a paraibana Diana Cristina.

A Volkswagen e a Nova Schin apresentam o SUPER SURF 2008, o circuito nacional mais rico do mundo, que é realizado com co-patrocínio da Nescau, Gillette, GOL Linhas Aéreas Inteligentes e da marca Nicoboco, além de apoio da Revista Fluir. Desde a sua criação no ano 2000, o Grupo Abril organiza a Divisão Principal do Circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP).

Todas as cinco etapas são transmitidas pelo http://supersurf.abril.com.br e www.abrasp.com.br, com as finais no domingo também passando ao vivo pelo canal SPORTV. Esta terceira na Praia de Maresias também conta com o importante apoio da Prefeitura Municipal de São Sebastião, da Federação Paulista de Surf (FPS), da Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias (APHM) - www.praiademaresias.com.br - e divulgação da Rádio 89 FM.

SUPERSURF DE SÃO SEBASTIÃO:

TRIAGENS DA CATEGORIA MASCULINA:
01: Victor Ribas (RJ), Claudemir Lima (CE), João Gutemberg (RJ), Diego Santos (SP)
02: Jojó de Olivença (BA), Tânio Barreto (AL), Anselmo Correia (RJ), Flávio Tavares (SP)

PRIMEIRA FASE CLASSIFICATÓRIA MASCULINA:
01: Lucinho Lima (CE), Adilton Mariano (CE), Fabrício Júnior (RN)
02: Ricardo Ferreira (SP), Guga Arruda (SC), Guilherme Sodré (RJ)
03: Beto Fernandes (SP), Paulo Moura (PE), Igor Morais (RJ)
04: Marcelo Trekinho (RJ), Fábio Silva (CE), Robson Gobbato (RS)
05: Wilson Nora (BA), Leandro Bastos (RJ), Thiago de Souza (CE)
06: Marco Polo (SC), Pedro Norberto (SC), Bruno Santos (RJ)
07: Renato Galvão (SP), Peterson Rosa (PR), Fábio Gouveia (PB)
08: William Cardoso (SC), Pedro Muller (RJ) + 2.o lugar das triagens
09: Jano Belo (PB), Angelino Santos (CE) + vencedor das triagens
10: André Silva (CE), Péricles Dimitri (PR), Sávio Carneiro (PE)
11: Odirlei Coutinho (SP), Márcio Farney (CE), Bruno Moreira (SP)
12: Flávio Costa (BA), Diego Rosa (SC), Thiago Bianchini (SC)
13: Danilo Costa (RN), Yuri Sodré (RJ), Michel Grattz (ES)
14: Wagner Pupo (SP), Messias Félix (CE), Itim Silva (CE)
15: Gustavo Fernandes (RJ), Daison Pereira (RS), Saulo Junior (SP)
16: Guilherme Herdy (RJ), Davi de Jesus (SC), Bruno Galini (BA)

PRIMEIRA FASE CLASSIFICATÓRIA FEMININA:
01: Bruna Schmitz (PR), Cláudia Gonçalves (SP), Luana Coutinho (SP)
02: Diana Cristina (PB), Monik Santos (PE), Alcione Silva (RN)
03: Tita Tavares (CE), Gabriela Teixeira (RJ), Bruna Queiroz (SP)
04: Suelen Naraisa (SP), Nathalie Martins (PR), Juliana Guimarães (RJ)
05: Andréa Lopes (RJ), Juliana Quint (SC), Suelen Ferreira (RJ)
06: Krisna de Souza (RN), Taís de Almeida (RJ), Brigitte Mayer (RJ)

João Carvalho - Assessoria de Imprensa do SuperSurf - (48) 9988-2986 - joaocarvalho@matrix.com.br

Foto: Nilton Santos / SuperSurf

Fonte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade