quarta-feira, 25 de junho de 2008

Local Motion Guarujá Surf Pro debaixo de chuva

Depois de uma semana de Sol e calor na Bahia, muita chuva e frio recepcionou os surfistas na volta do Guarujá ao Circuito Mundial de Surfe Profissional, depois de 12 anos de ausência. Apesar do tempo adverso na terça-feira, o Local Motion Guarujá Surf Pro foi inaugurado em boas ondas de 1,5 metro de altura na Praia das Pitangueiras.

No primeiro dia, foram realizadas as doze baterias da triagem especial com 26 surfistas disputando oito vagas para completar a primeira fase da etapa nível 5 estrelas de 110.000 dólares em prêmios, que vale 2.000 pontos no ranking do WQS. Essa rodada inicial vai começar as 8 horas desta quarta-feira no famoso balneário paulista, também conhecido como a Pérola do Atlântico.

A melhor apresentação da terça-feira foi a do catarinense Pedro Norberto, que estreou registrando os primeiros recordes do Local Motion Guarujá Surf Pro. Ele recebeu nota 9,53 numa onda incrível e também atingiu o maior placar do dia, 17,36 de 20 possíveis. Só que Pedrinho acabou eliminado na batalha final pelas oito vagas para o evento principal, por Saulo Júnior de Ubatuba e Eric Miyakawa do Guarujá.

“Acho que dei sorte de achar as ondas nas baterias. O mar está difícil, mas não é dos piores não, dá para surfar legal”, falou Eric Miyakawa, 33 anos de idade, que já chegou a representar o Guarujá por muito tempo nos circuitos mundial e brasileiro, mas já abandonou as competições para se dedicar ao surfe de ondas grandes.

“Tem caras que estão sem correr a vários anos e acabam ganhando campeonatos, então estou aí entre eles esperando a sorte bater na minha porta. Estou participando desse por ser aqui em casa, estava mais do que na hora de voltar a ter etapa do Mundial aqui no Guarujá, é quase uma obrigação ter etapa aqui até por ser a cidade mais perto de São Paulo”, opinou Eric Miyakawa.

Mais cinco paulistas também se classificaram, Bruno Moreira, Andrew Serrano, Giovani Ferranti, Nathan Brandi e Jole Leandro. A única exceção foi o baiano Bruno Galini, que tirou dois surfistas de outros estados na sua bateria. A fase final das triagens para o Local Motion Guarujá Surf Pro apresentou mais duas dobradinhas paulistas.

Giovani Ferranti e Andrew Serrano ganharam as duas últimas vagas e as primeiras foram conquistadas pelo jovem Nathan Brandi do Guarujá e Jole Leandro de Ubatuba. Nathan seguiu para completar o segundo confronto programado para esta quarta-feira e Jole foi para a sexta bateria. Com apenas 16 anos de idade, Nathan Brandi tinha apenas 4 anos quando o Guarujá sediou uma etapa do Circuito Mundial pela última vez em 1996.

“Eu nem me lembro disso. Esse é o primeiro WQS que eu participo, sendo aqui em casa é bem mais legal e tomara que a sorte em achar as ondas continue comigo para ir passando as baterias”, falou Nathan Brandi, que também comentou sobre as condições do mar. “Tem onda, mas entrou um vento forte na minha bateria e prejudicou um pouco. Mas, a previsão do swell para essa semana é boa e acho que vai melhorar”, disse o surfista que ainda participa de competições amadoras.

Como não tem pontos no ranking mundial profissional, ele teve que entrar nas triagens pra conseguir participar do Local Motion Guarujá Surf Pro. “A melhor coisa que aconteceu foi a Prefeitura do Guarujá ter trazido uma etapa do Circuito Mundial para a nossa cidade. Isso vai ser muito bom para a galera daqui poder competir em casa”, elogiou Nathan Brandi, que volta a competir na segunda bateria desta quarta-feira.

SEGURANÇA REFORÇADA - E realmente a Prefeitura Municipal do Guarujá investiu forte para voltar a sediar uma etapa do Mundial WQS. Inclusive reforçou a segurança com a Polícia Militar e a Guarda Municipal circulando por toda a área das praias das Pitangueiras e da Enseada, para garantir tranqüilidade aos atletas, profissionais de imprensa e todos os envolvidos na organização do evento, bem como o público em geral.

Nesta quarta-feira, alguns estrangeiros já começam a estrear no Local Motion Guarujá Surf Pro, como o venezuelano Alex Kamkoff que pega três brasileiros na primeira bateria do dia. A segunda será disputada só por brasileiros, mas a terceira tem só dois contra o sul-africano Brandon Jackson e o havaiano Patrick Furlotti. Já a quarta será um confronto direto Brasil x Estados Unidos, com Sterling Spencer e Chad Compton enfrentando o paulista Rodrigo Baby Valadares e o catarinense Raphael Becker.

A programação para o segundo dia é realizar vinte das 24 baterias da primeira fase do Local Motion Guarujá Surf Pro, com as disputas previstas para serem iniciadas as 8 horas, seguindo sem parar até por volta das 16:20 horas na Praia das Pitangueiras. Já as principais estrelas do evento, como o novo líder do ranking WQS, o paulista de Ubatuba Hizunomê Bettero, só começam a estrear na manhã da quinta-feira.

O Local Motion Guarujá Surf Pro é uma realização da Prefeitura Municipal de Guarujá, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de Guarujá e Association of Surfing Professionals (ASP), com o patrocínio da Nova Schin e co-patrocínio de Surf Xpress, Natural Surf, Tent Beach, Caneel Bay, Gati, Krokodilu’s, Surftrip, Aero Surf, San Surf, Ilha do Surf e Potência. Apoio: Gávea Hotel, Delphin Hotel e Tahiti Restaurante, com divulgação da 89 FM, Waves.Terra, Fluir, Blackwater e TV Tribuna. Esta é a 18.a etapa do World Qualifying Series (WQS) e está sendo transmitida ao vivo pela internet, com o hotsite do evento no http://waves.terra.com.br também podendo ser acessado pelo www.aspsouthamerica.com.br

LOCAL MOTION GUARUJÁ SURF PRO – Primeira fase – 144 atletas:
01: Jorge Spanner (RJ), Greg Cordeiro (SC), Alex Kamkoff (VNZ), Alex Lima (SC)
02: Wiggolly Dantas (SP), Charlie Brown (CE), Robson Gobbato (RS), Nathan Brandi (SP)
03: Brandon Jackson (AFR), Tomas Hermes (SC), Ricardo Ferreira (SP), Patrick Furlotti (HAV)
04: Sterling Spencer (EUA), Chad Compton (EUA), Rodrigo Baby Valadares (SP), Raphael Becker (SC)
05: Milton Morbeck (RJ), João Gutemberg (RJ), Gustavo Schlickmann (SC), Diego Meinha (SP)
06: Bernardo Lopes (BA), Brandon Ragenovich (EUA), Wladimir Perez (SP), Jole Leandro (SP)
07: Richie Collins (EUA), Diego Santos (SP), Magno Pacheco (SP), Bruno Moreira (SP)
08: Messias Félix (CE), Beto Fernandes (SP), Emerson Silva (SP), Caetano Vargas (PR)
09: Abdel El Harim (MAR), Thiago Camarão (SP), Rodrigo Wazlawick (SC), Guilherme Ramalho (SP)
10: João Guedes (PRT), Ricardo Wendhausen (SC), Flávio Nakagima (SP), Bruno Galini (BA)
11: Ricardo dos Santos (SC), Alan Donato (PE), Wagner Pupo (SP), Saulo Junior (SP)
12: Chris Waring (EUA), Michel Roque (CE), Pedro Regatieri (RS), Chris Dennis (TTO)
13: Jadson André (RN), Dodô Veiga (SP), Riomar Rodrigues (SP), Diogo Leão (ES)
14: Charlie Carroll (HAV), Jano Belo (PB), André Scopetta (SP), Eric Miyakawa (SP)
15: Miguel Ximenez (PRT), Fabrício Junior (RN), Denis Tihara (BA), Giovani Ferranti (SP)
16: Jessé Merle-Jones (HAV), Thiago de Souza (CE), Gustavo Sanches (SP), Felipe Teixeira (SC)
17: Robson Santos (SP), Marcos Pastro (SC), Alandreson Martins (BA), Marcos Ribeiro (SP)
18: Peterson Rosa (PR), Adilton Mariano (CE), Victor Borges (SP), Andrew Serrano (SP)
19: Wilson Nora (BA), Igor Moraes (RJ), Jerônimo Vargas (RJ), João Lacerda (SP)
20: Justin McBride (EUA), Tony Adams (EUA), Alex Ribeiro (SP), Beto Mariano (SC)
21: Matt King (EUA), Daison Pereira (RS), Hira Teriinatoofa (TAH), Felipe Alberto (SP)
22: Shaun Burrell (EUA), Flávio Costa (BA), Alon Campestrini (SC), Hugo Bittencourt (RJ)
23: Jesse Heilman (EUA), Márcio Farney (CE), Davi do Carmo (SP), Wellington Carane (SP)
24: Kevin Sullivan (HAV), Peterson Crisanto (PR), Wagner Martinez (SP), Tânio Barreto (AL)

João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America - (48) 9988-2986
...ou Fábio Maradei – Assessoria de Imprensa do Local Motion Guarujá Surf Pro:
(13) 8128-9529 – contatofmanoticias.com.br

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade