quinta-feira, 29 de maio de 2008

Entrevista com Roger Barros

Roger Barros foi o campeão brasileiro mais jovem da história do Longboard nacional de 2007, com 18 anos ele ficou dois meses na Austrália e chega ao Brasil hoje dia 29 de maio de 2008 pronto para continuar como numero um dos pranchões.

A viajem foi a premiação para o Petrobras Longboard Classic 2007, lá ele conheceu ondas como Noosa Heads, onde participou do tradicional evento "Nossa Festival" onde ficou com a quinta colocação.

Roger teve o apoio de Gustavo Oliveira, técnico e juiz internacional da ASP. "O Gustavo me ajudou muito. Treinamos bastante. Conversamos muito sobre competições, manobras, critérios, sem contar os inúmeros problemas que me ajudou a resolver na maior disposição, aproveito para expressar a minha eterna gratidão a ele, que foi como um pai pra mim aqui", disse Roger que no Brasil desenvolve um trabalho específico com sua equipe: Alan Gandra ( técnico) Adolfo Jordão ( preparador físico) e Cláudio Pastor ( shaper).

"Estou pronto para começar o Circuito Brasileiro e voltar ao trabalho com a equipe brasuca e a família. Já treinei bastante aqui na terra dos cangurus e mantemos uma troca de informações permanente entre os técnicos, o que foi primordial para a minha evolução em todos os sentidos", analisa Roger.

Gerson Filho - Como foi a sua estada na Austrália?
Roger Barros: Não poderia ter sido melhor: me diverti bastante, aprendi um monte de coisas novas, fiz vários amigos, conheci lugares irados, treinei bastante e ainda por cima peguei altas ondas. Estou superfeliz com essa viagem.

Gerson Filho - Você se sente preparado para defender o título brasileiro?
Roger Barros: Com certeza! Fiz um trabalho muito bom com o Gustavo de Oliveira aqui na Austrália, e essa semana antes do campeonato vai ser boa porque eu já estarei entrando no clima da competição.

Gerson Filho - Qual a importância de desenvolver um trabalho fora da água? ( preparação física, estratégia, etc.)
Roger Barros: Superimportante. Foi-se o tempo em que ser um bom competidor era apenas surfar bem. Hoje em dia o atleta tem de estar bem preparado pra enfrentar qualquer condição e situação.

Gerson Filho - Como é a sua relação com o seu shaper e até quando essa relação influencia seu desempenho dentro da água?
Roger Barros: Boa e importante. Ter uma interação entre atleta e shaper é primordial! O Pastor (Cláudio) vem desenvolvendo um excelente trabalho comigo e sempre chegamos a um denominador comum. O resultado tem sido altas pranchas que têm me ajudado muito nas minhas vitórias.

Gerson Filho - Você foi para a Austrália e treinou com outro técnico. Como foi esse processo, já que aqui no Brasil você trabalha com outra equipe...
Roger Barros: Foi muito bom, acho importante esse intercâmbio entre conhecimento e pontos de vista diferentes entre técnicos. Essa troca é importante pra um bom trabalho, acho que essa experiência com o Gustavo de Oliveira na Austrália só tem a acrescentar no trabalho que vem sendo feito pelo Adolfo Jordão e o Alan Gandra no Brasil, que foram as pessoas com as quais comecei a desenvolver um trabalho sério fora da água.

Gerson Filho - Você sentiu muita diferença surfando ondas de qualidade na Austrália?
Roger Barros: No começo senti um pouco de diferença em questão de onda , mas depois do quarto dia já estava super integrado com a perfeição e a linha da onda.

Gerson Filho - Quais as suas expectativas para a primeira etapa do Petrobras Longboard Classic?
Roger Barros: As melhores possíveis. Estou tranqüilo, relaxado e concentrado pra essa etapa, seja o que Deus quiser.

Gerson Filho - Você chega ao evento, teoricamente, mais preparado e com o título de campeão brasileiro. Isso, teoricamente, traz mais pressão pra você. Como você pretende lidar com esse tipo de pressão?
Roger Barros: Da melhor forma possível. Isso não é o tipo de coisa que me tira do foco, vou tentar fazer o meu trabalho da melhor forma possível.

Gerson Filho - Quem você acha que são seus principais adversários nessa primeira etapa? Roger Barros: O nível dos atletas profissionais brasileiros está excelente, todos tem muito potencial. Todo mundo andando muito bem, acho que quem for assistir o evento verá um show de longboard.

Roger conta com os Apoios: Rbarros SurfShop , Rhyno Foam, Domino's Pizza , Longboards by Pastor, BRASAS englih course, Pontal Fitness , first class.

Gerson Filho

Fonte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade