sexta-feira, 20 de junho de 2008

WQS: Categoria masculina nas águas da Praia do Forte

O forte vento maral deixou o mar mexido, mas a bancada de recife de coral de Papa Gente continuou apresentando boas ondas de 1 metro de altura para a primeira fase da categoria masculina do Surf ECO Festival.

As principais estrelas tiveram mais um dia de folga por só entrarem na segunda fase, que será inaugurada por Adriano de Souza, quarto melhor surfista do mundo no WCT 2008.

Além dele, outros grandes destaques são Bruno Santos, campeão do WCT do Tahiti nos temidos tubos de Teahupoo, e Hizunomê Bettero, que vai estrear hoje já defendendo a liderança do ranking WQS na prova nível 5 estrelas de 2.000 pontos na paradisíaca Praia do Forte, em Mata de São João, no litoral norte da Bahia.

Isso porque o norte-americano Patrick Gudauskas, que ainda não largou a dianteira desde sua vitória na etapa de abertura da temporada realizada nos Estados Unidos, já completou o número de sete resultados que são computados no ranking, enquanto Hizunomê Bettero só disputou cinco etapas e ainda tem duas para somar. Como Gudauskas tem 675 pontos para trocar no Surf ECO Festival e o mínimo para os que entram na segunda fase é 450 pontos, ele permanece com 7.894 pontos no ranking. E o brasileiro chegou na Bahia com 7.500 pontos, mas já estará somando esses 450 para assumir a ponta com 7.950 pontos.

Depois das meninas abrirem oficialmente o Surf ECO Festival no primeiro dia, na quarta e na quinta-feira só terá competição masculina. As 24 baterias da fase inicial rolaram na quarta-feira e o paulista Diego Santos comemorou a primeira vitória. Três baianos disputaram o segundo confronto do dia e o surfista local da Praia do Forte, Bernardo Lopes, derrotou até o tricampeão brasileiro que por muitos anos representou o país na divisão de elite do surfe mundial, Peterson Rosa. O paranaense ficou com a segunda vaga e foi completar a bateria de estréia de Adriano de Souza, com o baiano Bruno Galini e Diego Santos.

Alguns gringos também avançaram, como o veterano Richie Collins, californiano que popularizou a manobra `floater´, venceu a primeira etapa da Era WCT inaugurada em 1992 e está voltando a disputar o WQS nesse ano. Outros baianos também se classificaram nos primeiros duelos da quarta-feira. Entre eles, Moreno Almeida passou na disputa vencida pelo cearense Messias Félix e Wilson Nora liderou quase toda a sua bateria, mas foi superado nos últimos segundos pelo carioca João Gutemberg. Nora conhece muito bem as ondas de Papa Gente e é uma das apostas da Bahia para vencer o Surf ECO Festival.

“Eu venho muito surfar aqui, adoro esse pico e pena que hoje o vento está muito forte dificultando um pouco a formação das ondas, mas acredito que esse campeonato ainda vai dar muito o que falar quando mudar um pouco o vento e as ondas ficarem perfeitas”, acredita Wilson Nora, que falou mais da condição do mar em Papa Gente. “A direita está começando a formar, acho que na maré cheia vai ficar bem melhor, a esquerda agora está com muita correnteza, mas tende a melhorar com a enchida da maré, enfim, o vento está trazendo o swell e tem muita ondulação na bancada, mas a condição está boa para o campeonato”.

Wilson Nora confessou ter ficado até surpreso com a confirmação do Surf ECO Festival na Praia do Forte, devido à proteção ambiental de todo o lugar escolhido para o evento. “È preciso parabenizar um cara que está por trás de tudo isso, o Fabiano Prado, que nunca aparece, mas foi ele quem viabilizou o campeonato na Costa do Sauípe nos dois últimos anos e trouxe esse pra cá agora. Tentou primeiro fazer uma parceria com o resort Iberostar, depois com o pessoal da Praia do Forte, a burocracia é muito grande por aqui ser uma Área de Proteção Ambiental (APA), mas deu tudo certo, a onda tem tudo para melhorar e o evento vai ser um sucesso com certeza. Só torço para que algum baiano vença e tomara que seja eu né!”


SEGUNDA FASE MASCULINA (10 primeiras baterias do dia) – os dois primeiros de cada bateria são os cabeças-de-chave:

01: Adriano de Souza (SP), Bruno Galini (BA), Diego Santos (SP), Peterson Rosa (PR)
02: Renato Galvão (SP), Odirlei Coutinho (SP), Michel Roque (CE), Bernardo Lopes (BA)
03: Dane Gudauskas (EUA), Justin Mujica (PRT), Messias Félix (CE), Wilson Nora (BA)
04: Greg Emslie (AFR), Danilo Costa (RN), Moreno Almeida (BA), João Gutemberg (RJ)
05: Hizunomê Bettero (SP), Marco Polo (SC), Bruno Rodrigues (PE), Marco Fernandez (BA)
06: Warwick Wright (AFR), Leandro Bastos (RJ), Chris Waring (EUA), Wiggolly Dantas (SP)
07: Damien Fahrenfort (AFR), Fábio Gouveia (PB), Jano Belo (PB), Greg Cordeiro (SC)
08: Shaun Cansdell (AUS), Heitor Pereira (SP), Ernesto Nunes (PE), Péricles Dimitri (PR)
09: Raoni Monteiro (RJ), Paulo Moura (PE), Tomas Hermes (SC), Alan Donato (PE)
10: Nathaniel Curran (EUA), Victor Ribas (RJ), Matt King (EUA), Denis Tihara (BA)

Confira as fotos do evento aqui


Por João Carvalho

Fonte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade