quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Hang Loose Santa Catarina Pro começa com belo cenário na Vila

A terça-feira amanheceu com um belo cenário para o Hang Loose Santa Catarina Pro, a etapa brasileira do WCT, ser inaugurado num dia de Sol, céu claro e boas ondas de 1,5 metro de altura na Praia da Vila, em Imbituba. O californiano Taylor Knox venceu o primeiro confronto do dia, iniciado às 9 horas, mas um cabeça-de-chave já foi mandado para a repescagem logo na segunda bateria pelo campeão catarinense Marco Polo.

Outro convidado pelo ranking estadual, Márcio Farney, derrubou dois tops do ASP World Tour, o também cearense Heitor Alves, junto com Luke Stedman. As dezesseis baterias da fase classificatória foram realizadas e a primeira chamada para a repescagem está marcada para as 8 horas da quarta-feira na Praia da Vila.

Do total de vinte brasileiros que estão participando do Hang Loose Santa Catarina Pro, cinco começaram com vitórias e avançaram direto para a terceira fase da competição, mas o carioca Leonardo Neves foi o único da elite. Os demais entraram como convidados ou substituindo os vários ausentes que cancelaram suas participações na etapa brasileira do WCT por contusão ou outros motivos pessoais.

A principal estrela é Taj Burrow, vice-líder do ranking mundial e recordista com três vitórias em etapas da divisão de elite no Brasil. Ele precisou fazer bonito na estréia para superar o convidado local Carybean Heleodoro por 14,33 x 12,67 pontos, com o havaiano Roy Powers terminando em último com 7,63 pontos nas duas melhores ondas que surfou.

“Foi uma boa bateria, com ondas bem formadas e consegui achar duas boas para vencer”, contou Taj Burrow, que faturou o título no ASP Tour do Brasil em 1999 na Barra da Tijuca, 2002 em Saquarema, também no Rio de Janeiro, com o último deles sendo conquistado em 2004 na segunda edição realizada em Santa Catarina. Ele falou sobre as dificuldades que poderá encontrar contra os brasileiros que entraram como convidados. “Tenho visto os surfistas locais surfarem muito bem e eu sendo o cabeça-de-chave número 1, terei que enfrentá-los. Não é fácil, mas tenho que fazer o meu trabalho e quero muito vencer aqui”.

Já o vencedor da bateria que inaugurou o Hang Loose Santa Catarina Pro, Taylor Knox, ficou feliz de voltar a competir contra o paraibano Fábio Gouveia, adversário de muitos anos no ASP World Tour. “É sempre bom surfar com o Fábio, pois desde pequeno eu olhava ele surfando e sempre gostei muito do estilo dele, foi divertido surfar com ele e pegar boas ondas na bateria. Adoro vir ao Brasil, sempre fico hospedado na casa de um grande amigo meu que conheci há 20 anos, portanto sempre é bom vir para cá todos os anos”, confessou Taylor Knox, que ocupa a 18.a colocação no ranking e pode ingressar no seleto grupo dos top-16 da ASP, que entrarão como cabeças-de-chave nas primeiras etapas da próxima temporada.

Mesmo com o título mundial definido por antecipação para Kelly Slater, além desta briga tem outra para ver quem fica com as últimas vagas na lista dos 27 primeiros colocados no ranking que são mantidos na divisão de elite do esporte. O cearense Heitor Alves em 29.o lugar é o que está mais próximo da zona de classificação, mas vai ter que encarar a repescagem porque foi batido pelo conterrâneo Márcio Farney, que entrou no Hang Loose Santa Catarina Pro por ter sido vice-campeão catarinense.

“Moro em Santa Catarina há 9 anos e sempre tive um sonho de participar deste evento, mas competi tranqüilo, surfando praticamente em casa, bem à vontade e consegui surfar boas ondas na bateria. Acho que foi a primeira vez que eu surfei aqui na Praia da Vila com apenas três caras na água e deu ótimas ondas hoje. Como passei direto, agora vou aproveitar para descansar e treinar mais para entrar com tudo na próxima fase, quero ver se consigo ir longe neste campeonato”, promete Márcio Farney.

Antes dele, o campeão catarinense Marco Polo já havia conquistado a primeira vitória brasileira no Hang Loose Santa Catarina Pro 2008 em Imbituba, derrotando dois tops do ASP World Tour na segunda bateria, Kieren Perrow da Austrália e Royden Bryson da África do Sul. “Comecei com o pé direito. Consegui vencer dois atletas do WCT, mas foi uma bateria super disputada. Logo no começo consegui tirar um high-score (nota alta) completando uma manobra muito forte e mais para o meio da bateria, surfei uma direita muito boa para garantir a vitória que me deixou muito feliz”, falou Marco Polo.

Além de Marco Polo e Márcio Farney, os outros brasileiros que estrearam com vitórias no Hang Loose Santa Catarina Pro foram o carioca Leonardo Neves, o paulista Hizunomê Bettero e o pernambucano Bernardo Pigmeu. Os outros quinze vão ter que encarar uma rodada extra, com a repescagem sendo inaugurada pelo campeão mundial de 2001, C. J. Hobgood, que enfrenta o convidado local Carybean Heleodoro na bateria, cuja primeira chamada foi marcada para as 8 horas da quinta-feira em Imbituba.

O HANG LOOSE SANTA CATARINA PRO, a etapa brasileira do WCT, tem patrocínio da Nova Schin, VIVO e do Governo do Estado de Santa Catarina, através do FUNDESPORTE - Fundo de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, contando também com importante apoio da Prefeitura Municipal de Imbituba e CELESC e divulgação da Revista Fluir e Globoesporte.com. O maior campeonato do surfe sul-americano é uma realização do Grupo RBS, Gate Eventos e Federação Catarinense de Surf (FECASURF), com apoio da Associação de Surf de Imbituba (ASI) e promoção da Rede Atlântida FM. Mais informações nos sites: www.hangloosepro.com.br - www.aspsouthamerica.com.br – www.aspworldtour.com

HANG LOOSE SANTA CATARINA PRO – REPESCAGEM:
01: C. J. Hobgood (EUA) x Carybean Heleodoro (SC)
02: Adrian Buchan (AUS) x Raoni Monteiro (RJ)
03: Luke Stedman (AUS) x Alejo Muniz (SC)
04: Kieren Perrow (AUS) x Jano Belo (PB)
05: Tom Whitaker (AUS) x Peterson Rosa (PR)
06: Chris Ward (EUA) x Gustavo Fernandes (RJ)
07: Dayyan Neve (AUS) x Tânio Barreto (AL)
08: Tim Reyes (EUA) x Fábio Gouveia (PB)
09: Jordy Smith (AFR) x Pedro Henrique (RJ)
10: Roy Powers (HAV) x William Cardoso (SC)
11: Damien Hobgood (EUA) x Simão Romão (RJ)
12: Tiago Pires (PRT) x Bruno Santos (RJ)
13: Heitor Alves (CE) x Ricky Basnett (AFR)
14: Jay Thompson (AUS) x Jihad Kohdr (PR)
15: Rodrigo Dornelles (RS) x Travis Logie (AFR)
16: Royden Bryson (AFR) x Ben Bourgeois (EUA)

HANG LOOSE SANTA CATARINA PRO – PRIMEIRA FASE CLASSIFICATÓRIA:
01: 14.83=Taylor Knox (EUA), 14.43=Ben Bourgeois (EUA), 7.50=Fábio Gouveia (PB)
02: 13.27=Marco Polo (SC), 11.34=Royden Bryson (AFR), 10.60=Kieren Perrow (AUS)
03: 16.50-Fredrick Patacchia (HAV), 12.84=Tânio Barreto (AL), 9.83=Rodrigo Dornelles (RS)
04: 14.67=Kai Otton (AUS), 12.23=Jay Thompson (AUS), 7.67=Gustavo Fernandes (RJ)
05: 12.00=Márcio Farney (CE), 11.73=Luke Stedman (AUS), 11.43=Heitor Alves (CE)
06: 16.03=Jeremy Flores (FRA), 14.84=Peterson Rosa (PR), 5.60=Tiago Pires (PRT)
07: 13.67=Mikael Picon (FRA), 12.66=Adrian Buchan (AUS), 10.70=Jano Belo (PB)
08: 14.33=Taj Burrow (AUS), 12.67=Carybean Heleodoro (SC), 7.63=Roy Powers (HAV)
09: 15.33=Bede Durbidge (AUS), 14.57=Raoni Monteiro (RJ), 12.90=Damien Hobgood (EUA)
10: 13.90=Mick Campbell (AUS), 13.03=C. J. Hobgood (EUA), 10.33=Alejo Muniz (SC)
11: 13.17=Leonardo Neves (RJ), 9.33=Tom Whitaker (AUS), 8.93=Pedro Henrique (RJ)
12: 14.83=Hizunomê Bettero (SP), 9.00=Travis Logie (AFR), w.o=Chris Ward (EUA)
13: 10.73=Bernardo Pigmeu (PE), 10.33=Dayyan Neve (AUS), 7.27=Jihad Khodr (PR)
14: 13.07=Daniel Ross (AUS), 12.16=Tim Reyes (EUA), 10.16=Willian Cardoso (SC)
15: 16.00=Aritz Aranburu (ESP), 12.16=Simão Romão (RJ), 0,00=Jordy Smith (AFR)
16: 15.37=Ben Dunn (AUS), 11.47=Bruno Santos (RJ), 10.54=Ricky Basnett (AFR)

João Carvalho – Assessoria de Imprensa do Hang Loose Santa Catarina Pro - joaocarvalho@matrix.com.br
Tatiana Lemos – Assessoria Imprensa Grupo RBS – (47) 9171-5219 – tatiana.lemos@gruporbs.com.br
Depto. Comunicação Hang Loose: Nancy Geringer – nancy@hangloose.com.br – (11) 8556-4168

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade