segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Domingo de campeões no Circuito Gaúcho de Surf Amador 2008

O Circuito Gaúcho de Surf Amador conheceu seus campeões neste final de semana (13 e 14/12), no píer de Tramandaí, durante a disputa da última etapa do certame, o OP Series 2008. Ao todo, nesta etapa, foram distribuídos R$ 15.000,00 (quinze mil reais) em prêmios, além de 2.000 pontos no ranking do Amador Gaúcho. Os surfistas, divididos em 10 categorias, duelaram a cada onda nas 11 etapas do Circuito durante o ano.

O OP Series foi disputado em ondas regulares, que variaram entre meio e um metro, com ondas maiores na série. O público prestigiou os dois dias do evento, marcado pelo sol forte e duelos espetaculares dentro da água.


O surfista Tiago Braga é o melhor atleta na categoria Open do Rio Grande do Sul em 2008. Após brigar ponto a ponto com José Luiz Mello, o Zezinho, durante toda a temporada, Braga não deu chances e garantiu o título com a vitória do OP Series 2008. Nesta etapa Felipe Pedra Martins ficou em segundo, Luciano Fornari em terceiro e José Luiz Mello em quarto lugar respectivamente. "Quero agradecer primeiramente a Deus. Estou feliz, esta foi a etapa mais disputada que já participei, o Zezinho está de parabéns. Ele além de um grande amigo é um grande surfista, um batalhador. Agora quero focar no Brasileiro e depois me profissionalizar. Todos os atletas estão de parabéns", comentou Tiago Braga.



No primeiro dia as emoções ficaram por conta dos irmãos Fornari, que venceram nas categorias Sênior e Longboard, por antecipação, pois as finais ocorreram na manhã do domingo. Cristiano liderou praticamente todo o Circuito na Sênior, mas na última etapa Luciano surfou melhor e ficou com o título, garantindo o bicampeonato. "Estou feliz pelo título. Foi bom que ficou em família. Até o meio do ano não esperava chegar ao título, mas com os resultados comecei a ver que dava para pensar em algo mais", finaliza.

Cristiano Fornari aproveitou a ausência do seu maior adversário na briga na categoria Longboard, André Gajko, e tratou de garantir o primeiro lugar no circuito estadual. "Este título estava engasgado, porque em 2005 retiraram o pranchão do circuito gaúcho. Eu venci diversas etapas internas de associações, mas não valeu pelo Estadual. No ano da minha volta consegui vencer, estou muito feliz", comentou.

No naipe feminino, Natalia Navarro ficou em segundo lugar na etapa, garantido o título do Circuito. Marta Buchweitz levou a melhor no OP Series e Mariana de Bortoli ficou em terceiro. Segundo Navarro mesmo com o título garantido esta etapa era importante. "Entrei na água sabendo que já era a campeã, mesmo assim encarei minhas adversárias com muita seriedade e respeito. Sempre quero vencer. Estou feliz pela conquista do tetracampeonato gaúcho. Agora quero tentar patrocínios para disputar o Brasileiro Amador e também competir mais em Santa Catarina. Agradeço a todas as pessoas que me apoiaram neste ano e em toda minha vida no surf. Esta vitória é deles também", finalizou.

Guilherme Pereira é o grande campeão Estadual da categoria Grommets. Na disputa do OP Series quem se deu bem foi Maui Machado, mas não foi suficiente para tirar o título de Pereira, que ficou em segundo na etapa. Gabriel Machado foi o terceiro e Luy Arman o quarto colocado em Tramandaí. "Estou feliz por conquistar a primeira vez o Circuito Gaúcho. Quero agradecer primeiramente a Deus e a Iemanjá. Também não posso deixar de agradecer a minha família e meus amigos. Estou muito feliz", declarou Pereira.

O grande campeão Estadual da categoria Júnior é o surfista Bruno Lopes. O atleta garantiu o título após vencer o OP Series neste final de semana. Kaian Bernardo ficou com o vice do OP e do Circuito. Josias Pedrinha e Bruno Carneiro ficaram nesta etapa em terceiro e quarto lugares respectivamente. "Foi para fechar meu ano com chave de ouro. Treinei o ano inteiro conciliando com meus estudos e ainda me preparando para o vestibular. Estou feliz pela vitória. Quero agora buscar patrocínios para o ano que vem competir em busca de mais resultados positivos", comentou Lopes.

Marcel de Rose é o melhor surfista do Estado na categoria Máster. O atleta garantiu o título após ficar em segundo no OP Series, vencido por Marcelo Moojen. Antonio Bonna garantiu o terceiro e Ângelo Gulea o quarto lugares da etapa. Segundo Marcel, esta conquista serviu para confirmar um bom ano. "Foi um ano muito feliz para mim. Tenho treinado bastante e acredito que os resultados devem continuar aparecendo ano que vem. Quero buscar o bicampeonato em 2009. Esta vitória é de todos que acreditam no meu potencial e sempre me apóiam." finalizou.




Entre os Petiz, Luy Arman entrou na água com o título de melhor em sua categoria já garantido. Mesmo assim, o atleta conquistou o OP Series, deixando em segundo lugar Gabriel Machado, em terceiro Kadu Sieben e em quarto Lucas Souza. "Troquei de prancha para evoluir o nível do meu surf. Este ano pude ver os resultados. Agradeço a Deus e minha família. Entrei na final do OP para surfar e me divertir, e consegui a vitória. Estou muito feliz pela conquista", declarou.

Entre os Iniciantes o melhor atleta de 2008 foi Luciano de Mattos, que entrou na água com o título já garantido. Com o primeiro lugar também na etapa, Luciano conseguiu mais um título, o de maior pontuador da temporada, com 10.870 pontos de 11.5000 possíveis. Mas não parou por aí, de quebra ele levou para casa também o título de melhor atleta na categoria Mirin. "Quero primeiro agradecer a Deus e minha família, que sempre me apóia, além do meu patrocinador. A vitória é fruto do meu treinamento, venho de uma lesão no pé direito e tive pouco tempo para recuperar, mesmo assim não dei mole e fui buscar os dois títulos. Estou muito feliz, agora quero focar para o campeonato brasileiro em 2009 e continuar mandando no Rio Grande do Sul", declarou.

Com o título Estadual da Sênior já definido para Luciano Fornari, o atleta Felipe Pedra Martins entrou focado e levou a melhor o OP Series 2008. Mauricio

Na categoria Interna, formada apenas por atletas de Tramandaí, quem se deu bem foi o atleta Kaian Bernardo. Peterson Marchese ficou em segundo, Humberto Rocha, em terceiro e Fernando Fiamet em quarto lugar.

O cronograma de baterias do OP Series pode ser conferido no site www.surfpro.com.br.

O fundador da marca OP e surfista, Sidão Tenucci, acompanhou de perto as disputas das finais do OP Series 2008. "Os atletas gaúchos estão de parabéns pela garra e determinação. Não é fácil encarar uma mar como o do Rio Grande do Sul. Estou feliz por voltar a apoiar campeonatos de surf aqui neste Estado, que além de apaixonado, é extremamente dedicado ao esporte", comentou.

Para o presidente da Federação Gaúcha de Surf, Orlando Carvalho, o importante neste ano foi formar novos atletas e fomentar o esporte. "Cumprimos a risca nossas metas. O ano serviu para confirmar novos talentos e ver o crescimento de cada um dos nossos surfistas. O Circuito todo foi muito disputado, com atletas lutando até o último segundo pelo título. Isto nos deixa muito feliz e mostra que estamos no caminho certo. Todos nossos atletas estão de parabéns", finalizou.

Apresentado pela Corsan e Planeta Surf, o OP Series 2008 contou com o patrocínio da Darshan, Glass Brothers, Clube Surf e Prefeitura Municipal de Tramandaí. O apoio foi da Fundergs, Meltex, Pizzaria Mare Mio, Hotel Centenário e ASTRI – Associação de Surf de Tramandaí. A realização foi da Espírito Radical com supervisão da Federação Gaúcha de Surf.


Gabriel de Mello
Assessoria de Comunicação da Federação Gaúcha de Surf
51 99429922

Fotos de Caio Guedes

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade