segunda-feira, 20 de julho de 2009

Iuri Silva é o melhor do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose

12 categorias estavam em jogo nesta oitava etapa do Circuito Estadual de Surf Amador

O domingo (19/07) foi de muito surf para os participantes do Planeta Surf Hang Loose, válido pela oitava etapa do circuito Estadual de Surf Amador 2009. Com ondas de um metro, com maiores na série, e muito vento sul os competidores buscaram os 2.000 pontos no certame gaúcho e mais uma super premiação.

Esta etapa marcou o fechamento do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose, que é o somatório da sexta, sétima e oitava etapa do Estadual de Surf Amador. O circuito Planeta Surf Hang Loose serviu para que a Federação Gaúcha de Surf pudesse quitar uma dívida adquirida em 2004 com a Surf Co. detentora da marca Hang Loose.

O campeão da categoria Open foi Iuri Silva (13,50), seguido por Bruno Carneiro (10,50), Felipe Pedra Martins (10,50) e Mauricio Arpini (5,25). O grande campeão do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose foi Iuri Silva, que somou 5.720 pontos nas três etapas.

Na categoria Longboard quem se deu bem nesta etapa foi Paulo Agrifóglio (8,25), seguido por Gabriel Vicente (7,50), Régis Schneider (5,75) e Pablo Bech (3,65). O grande campeão do circuito Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose foi Ki Fornari, que somou 4.830 pontos em três etapas.

Na categoria Open AST, formada apenas por atletas de Torres, o melhor foi Tiago Braga (14,75). O segundo colocado foi Flávio Jardim (9,30), o terceiro foi Luciano de Matos (7,85) e o quarto Marcel De Rose (6,25). O grande campeão do circuito Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose foi Marcel De Rose, que somou 5.060 pontos nas três etapas.

Entre as damas a surfista Aline Vergara (5,50) ficou com o título da etapa após derrotar Kiara Wolf (2,60). O Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose ficou com Aline Vergara, que somou 6.000 pontos nas três etapas.

O futuro do surf gaúcho, a categoria Grommets ficou na mão do Guilherme Pereira (6,00), seguido por Luy Arman (3,20) e Emanuel Tessmann (2,70). Com esta vitória Guilherme Pereira levou o título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose após somar 5.110 pontos.

Entre os atletas da Sênior Mauricio Arpini (10,50) conquistou a etapa, seguido por Ki Fornari (9,50), Humberto Rocha (5,25) e Luciano Fornari (3,35). Com esta vitória Mauricio Arpini levou o Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose após somar 5.220 pontos nas três etapas.

Os atletas da categoria Júnior mostraram um grande nível de surf. Bruno Carneiro (7,60) levou a melhor e conquistou o primeiro lugar, seguido por Josias Pedrinha (6,90), Thayson de Souza (6,60) e Gustavo Silva (0,50). Com esta colocação Josias Pedrinha ficou com o título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose após somar 4.830 pontos nas três etapas.

Entre os atletas Surdos o melhor foi Gustavo Silveira (4,90), seguido por Ramarone Vieira (3,50), Patrick Magnus e Maiquel Rodrigues. Com a vitória Gustavo Silveira ficou com o título do circuito Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose após somar 6.000 pontos.

Na categoria Máster o melhor foi Marcel De Rose (5,50), seguido por Eduardo Martins (4,50), Marcio Midon (4,00) e Fernando Vitor (2,00). O título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose ficou nas mãos de André Carneiro, que somou 4.940 pontos nas três etapas.

Entre os Iniciantes o melhor foi Peterson Marchese (10,25), seguido por Guilherme Pereira (7,55), Vinicius Carneiro (6,10) e Luy Arman (2,60). Com mais esta vitória Peterson Machese somou 6.000 pontos e ficou com o título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose.

Na categoria Petiz, Gabriel Rodrigues (4,25) venceu, seguido por Emanuel Tessmann (3,75), João Gabriel Carvalho (3,65) e João Gabriel (2,40). Com estes resultados Emanuel Tessmann levou para casa o título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose com 4.520 pontos nas três etapas.

Entre os atletas da Mirin o melhor foi Luciano de Matos (11,40), seguido por Bruno Carneiro (10,00), Peterson Marchese (3,80) e Eduardo Santos (2,45). Com este resultado Luciano de Matos ficou com o título do Desafio de Inverno Planeta Surf Hang Loose após somar 5.220 pontos nas três etapas.

Segundo o grande campeão da categoria Open, Iuri Silva, esta vitória é fruto de muito esforço. “Fico muito feliz em ter três etapas do circuito em Torres, pude treinar no local da competição. Competir em casa é melhor, elimina muitas dificuldades, mesmo assim não foi fácil. Quero focar para ter bons resultados no circuito Estadual Amador e tentar chegar ao título do Rio Grande do Sul. Quero trabalhar forte e adquirir bons resultados”, finalizou.

Redes de pesca em área de Surf

Todos os participantes lamentaram a existência de uma rede de pesca no local da competição. A área é destinada à prática de esportes aquáticos e não é permitido pescar com qualquer tipo de artefato. O atleta e também responsável pela segurança do evento, Luis Saraiva, retirou a rede com mais de 100 metros.

A atitude do responsável pela rede demonstra total falta de respeito pela vida dos surfistas e demais praticantes de esportes aquáticos. Somente no Rio Grande do Sul, ao longo dos anos, foram registradas 48 mortes por afogamento após os surfistas ficarem presos as redes e cabos. A Federação Gaúcha de Surf vêm desenvolvendo uma campanha de conscientização da sociedade quanto ao tema e também atua retirando estes artefatos quando ciente de sua existência. O nome da campanha é “Praia Segura, Surf Legal”.

Na noite do sábado a galera pode dançar e se divertir na festa oficial da oitava etapa do circuito Estadual de Surf Amador, realizada no Bora-Bora. O clube preparou uma incrível festa com quatro DJ`s e mais o samba rock da banda Tábua de Esmeralda.
O Desafio de Inverno Planeta Surf – Hang Loose foi apresentado pela Fundergs e Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Governo do Estado do Rio Grande do Sul; contou com o patrocínio máster das Lojas Planeta Surf, Hang Loose; O patrocínio foi da Índex Krow, Nico Boco Eyewear, Tallow`s, Da Kine, Globe,; O apoio foi do Restaurante Panela Mágica, Farol Hotel, Associação dos Surfista de Torres (AST), Resfiber, Teccel, Joka Serigrafia, Bora-Bora, revista Solto, revista SulSports e rádio PopRock; A realização foi da Espírito Radial e da Prefeitura Municipal de Torres, com supervisão da Federação Gaúcha de Surf.

“Praia Segura, Surf Legal”

Gabriel de Mello
Assessoria de Comunicação da Federação Gaúcha de Surf
51 99429922

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade