domingo, 4 de agosto de 2013

Alagoanos vencem cinco das onze categorias

O cenário para o último dia das disputas do Surf Nordeste 2013 na Praia do Francês, um dos melhores picos de ondas do nordeste, amanheceu perfeito.

Sol, mar alinhado e excelentes ondas com 1m na série que abriam para os dois lados proporcionaram aos competidores desempenhos invejáveis e confrontos eletrizantes.

Os anfitriões reafirmaram a intimidade com o pico e saíram vencedores de cinco categorias.

O primeiro foi Victor Costa, que garantiu sua permanência na ponta do ranking iniciante. Victor surfou com determinação, venceu o baiano Taiwan Chan e junto com Matias Ramos (3º) estragou a dobradinha baiana que foi formada por Taiwan e Namor Cayres (4º) durante quase todo o confronto.

Klinger Peixoto, também fez a festa da torcida. Em uma bateria de poucas ondas surfadas registrou 6.67 e 8.67 para vencer Saulo Carvalho (2º) na Master. Na Kahuna, Carlos Pereira superou o campeão da primeira etapa Cardoso Junior para se juntar ao time de campeões alagoanos.

Os atletas da categoria Infantil, que dão seus primeiros passos nas competições, prenderam a atenção do público ao demonstrarem determinação, coragem e preparo físico para vararem as fortes arrebentações da Praia do Francês. E quem levou a melhor mais uma vez foi um local.

Welington Reis venceu o potiguar Mateus Sena (2º) por um apertado placar de 11.64 x 11.27. Os pequenos grandes atletas surfaram com muita determinação e esquentaram a briga pelo título inédito. Cauã Costa, assim como em Paracuru, ficou com o terceiro posto e Kauã Hanson (PB) com o quarto.

Junior Manteiga (PB) repetiu o invejável desempenho da etapa inaugural do tour e saiu do mar como campeão SUP Wave Open sem ser incomodado pelos adversários.

Junior que acumula títulos como o de heptacampeão paraibano de Longboard, campeão brasileiro de Race 2011, campeão brasileiro de Long Master e o terceiro melhor do Brasil em SUP Wave, encontrou a melhores ondas, surfou muito à vontade e mais uma vez não deixou dúvidas para vencer e manter-se mais líder do que nunca. Com o segundo posto ficou o cearense, campeão brasileiro de longboard, Geraldo Lemos.

Larissa dos Santos também repetiu a performance da primeira etapa e subiu ao lugar mais alto do pódio no Francês. Com um surf diferenciado garantiu a invencibilidade e deu um importante passo rumo a mais um título regional. A paraibana Rayssa Fernandes ficou em segundo, Juliana Sousa (CE) em terceiro e Vitória Rodrigues (RN) em quarto.

Na Sênior, Saulo Carvalho atacou forte as esquerdas com seu backside afiado para superar o potiguar João Hermógenes, segundo colocado, o pentacampeão nordestino Flávio Sukita, que ficou em terceiro, e o campeão da etapa de abertura Emanoel de Sousa que não encontrou boas ondas na bateria final e subiu ao pódio com a quarta colocação.

Romualdo e Reginaldo Nascimento, que no dia de ontem não deram chances a seus adversários, garantiram mais uma vez a dobradinha familiar para empatar na liderança do Circuito.

No Ceará Reginaldo obteve melhor desempenho e venceu. Hoje, no Francês, seu irmão Romualdo apresentou um variado arsenal de manobras, misturou o clássico com o progressivo trabalhando bem o seu pranchão e na melhor onda anotou um 8,5 para fechar a fatura e levar o troféu para Maracaípe.

Os atletas da categoria Mirim souberam aproveitar muito bem as excelentes condições do mar. O campeão, Rafael Venuto, fez uma boa leitura das ondas e apostou nas direitas para conquistar o título e liderar o Circuito.

Anotou 5.93 e 7.67 nas duas melhores e superou o pernambucano Douglas José que somou 10.70 e ficou com o vice-campeonato. Wallace Junior (BA) e Rafael Tigrão (CE) ficaram com a terceira e quarta colocações, nesta ordem.

O índio voador paraibano Elivelton Santos liderou quase toda a bateria final da categoria junior. Já no último minuto o valente alagoano Victor Ramos que precisava de um 5.38 mandou um rasgadão que lhe rendeu 5.60 e a virada em cima de Elivelton que ainda tentou retomar a liderança, mas na última onda anotou 4,10 enquanto precisava de 4.33. Para sacramentar a vitória Victor ainda achou outra onda, na regressiva, e mandou um aéreo voltando na base e levando o público ao delírio.

"Estou muito feliz, vencer em casa é maravilhoso! Não desisti e no final da bateria consegui pegar as duas ondas para superar o Elivelton. Agora é só comemorar”, disse Victor.

Os atletas do Rio Grande do Norte Jackson Rodrigues e Deyvson Santos subiram ao pódio com o terceiro e quarto lugares em Alagoas.

Com o resultado, Elivelton passa a ocupar o topo do ranking e Jhone Fran, campeão da primeira etapa que ficou em quinto na prova, é o segundo na tabela.

Amando Tenório esbanjou estilo e confiança na categoria Open. Na semifinal ele havia anotado a melhor média do Surf Nordeste, 17 pontos, e surfando com uma prancha mágica 5’9” abriu muito bem o confronto final em uma direita da série onde mandou dois manobrões fortes jogando muita água para registrar 8.23.

Elivelton veio logo atrás para dar o troco mas não conseguiu uma nota tão boa, continuou tentando, assim como Deyvson Santos e José Francisco, até os últimos instantes. Mas Tenório usou todo o conhecimento do pico, não deu chances aos oponentes e aumentou a vantagem para, embalado pela torcida que foi a loucura na areia, sagrar-se campeão em casa.

“Estou amarradão com o este título. Em 2012 tentei bastante, mas não consegui ser campeão. Este ano treinei muito e estava focado. Só tenho que agradecer! Ofereço essa vitória ao meu pai que é meu grande incentivador”, disse Tenório.

Vale ressaltar o excelente desempenho do atleta local da Praia de Miami no Rio Grande do Norte, Deyvson Santos, que obteve desempenho notável em todos os embates. Na semifinal ele mandou dois aéreos reverse em uma direita da série e completou com perfeição para cravar a única nota 10 do evento.

Na final, Deyvson não foi feliz na escolha das valas e saiu do Francês com a quarta posição na Open e a vitória na Expression Session, que desta vez substituiu o Tag Team, após mandar mais um aéreo muito alto e muito bem executado.

O defensor do título do circuito entre os opens, José Francisco, também surfou com requinte durante toda a prova e ficou logo atrás de Elivelton com o terceiro posto, mesmo resultado obtido na primeira etapa em Paracuru.

Resultados:

Stand Up Open
1º - Junior Manteiga (PB)
2º - Geraldo Lemos (CE)
3º - Fabio Macena (PB)
4º - André Cabuin( CE)


Infantil
1º - Welligton Reis (AL)
2º - Mateus Sena(RN)
3º - Cauã Costa(CE)
4º - Kauã Hanson (PB)


Feminino
1º - Larissa dos Santos(CE)
2º - Rayssa Fernandes (PB)
3º - Juliana Sousa (CE)
4º - Vitória Rodrigues(RN)


Iniciante
1º - Victor Costa (RN)
2º - Taiwan Chan (BA)
3º - Matias Ramos (CE)
4º - Namor Cayres (BA)


Sênior
1º - Saulo Carvalho (PB)
2º - João Hermogenes (RN)
3º - Flávio Sukita (CE)
4º - Emanoel de Souza (RN)


Master
1º - Klinger Peixoto (AL)
2º - Saulo Carvalho (PB)
3º - João Hermogenes (RN)
4º - Cardoso Jr. (CE)


Longboard
1º - Romualdo Nascimento (PE)
2º - Reginaldo Nascimento (PE)
3º - Rafael Cavalcanti (PE)
4º - Geraldo Lemos( CE)


Mirim
1º - Rafael Venuto (CE)
2º - Douglas José (PE)
3º - Wallace Junior (BA)
4º - Rafael Tigrão (CE)


Kahuna
1º - Carlos Pereira (AL)
2º - Cardoso Junior (CE)
3º - Marcelo Vaz (MA)
4º - Jorge Gringo (CE)


Júnior
1º - Victor Ramos (AL)
2º - Elivelton Santos (PB)
3º - Jackson Rodrigues (RN)
4º - Deyvson Santos (RN)


Open
1º - Amando Tenório (AL)
2º - Elivelton Santos (PB)
3º - José Francisco (PB)
4º - Deyvson Santos (RN)



Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade