terça-feira, 2 de setembro de 2008

Perto do hepta, Tâmega garante: 'Sempre fui e sou um atleta completo'

Vencedor da etapa portuguesa do Circuito Mundial, em Sintra, Guilherme Tâmega está aliviado. Maior nome do bodyboard mundial, o brasileiro viu suas chances de ser heptacampeão do mundo diminuírem após perder a etapa de Sopelana, na Espanha. Para Tâmega, a vitória devolveu a possibilidade de mais um título.

- Depois de escorregada grande no campeonato de Sopelana na Espanha, no fim de semana anterior, eu vim para Portugal na corda bamba. Ou eu caia dentro e vencia ou o meu sonho de ser heptacampeão mundial iria por água abaixo. Estava muito concentrado, tive uma ajuda enorme da minha esposa Danielle que está aqui comigo e deu tudo certo graças a Deus. Minha prancha estava boa, minha cabeça ótima e com tudo isso em cima vi que não tinha como não dar certo - diz, através de sua assessoria de imprensa.





Vencedor nas maiores ondas no circuito, no Chile, e nas menores, em Portugal, Tâmega diz que não precisa fazer muito esforço para se preparar para cada etapa.



- Não tem ajuste, eu sempre fui e sou um atleta completo. Já ganhei em Pipeline com 5 metros como também no Japão com ondas de 20 cm. O equipamento tem que ser ajustado para cada situação, mas quem faz a diferença é o atleta em cima da prancha.

Tâmega garante que nunca esteve tão focado com está agora.

- Como eu me foco, não posso dizer, mas que estou focado, estou. Faz muito tempo que não me sentia assim. Para falar a verdade, estou num tipo de lei do silêncio: falo pouco e faço mais. De agora em diante, é a atitude dentro da água que vai fazer toda a diferença.

Ele vai disputar a partir de quinta-feira a 8ª etapa do circuito mundial na praia de Domiños em Ferrol, Espanha. A etapa vai distribuir $20 mil dólares e 1500 pontos no ranking mundial.

Fonte

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Template by - Abdul Munir | Daya Earth Blogger Template | Política de Privacidade